Euroogle
GEPSD PCS IFSC
TE PCS IFSC
Definição encontrada no Novo Dicionário de Termos Europeus
Agenda para Novas Competências e Empregos

"Uma Agenda para Novas Competências e Empregos” é um plano de ação lançado em 2010, que estabelece um conjunto de medidas concretas destinadas a ajudar a União Europeia a atingir a sua meta para o emprego em 2020: criar e dar emprego a 75% da população em idade ativa (isto é, entre os 20 e os 64 anos). A Agenda constitui uma das iniciativas da Comissão Europeia inseridas na Estratégia Europa 2020.

 

Este objetivo concreto prende-se com o facto de cerca de 10% da população ativa da UE (aproximadamente 23 milhões de pessoas) se encontrar atualmente desempregada, o que não só cria graves problemas de pobreza, exclusão social, e inclusive de segurança, como também coloca riscos à sustentabilidade futura dos sistemas de segurança social dos Estados-Membros da UE - algo que só uma economia capaz de gerar empregos, competitiva e com tendência para crescer, poderá contrariar.

 

Constam na Agenda medidas como:

 

  • Intensificar a flexibilidade e a segurança do mercado de trabalho (flexisegurança);

  • Dotar as pessoas das competências adequadas para os atuais e futuros postos de trabalho;

  • Reforçar a qualidade do emprego e assegurar melhores condições de trabalho;

  • Melhorar as condições para a criação de emprego.

     

A Agenda pretende ainda contribuir para a concretização de outros objetivos da UE, designadamente a diminuição dos níveis de abandono escolar para menos de 10%, bem como aumentar para, no mínimo, 40%, o número de jovens a frequentar o ensino superior ou um curso profissional equivalente; por último, propõe-se reduzir a quantidade de pessoas em risco de pobreza e exclusão social, para 20 milhões, até 2020.

(última alteração: Dezembro de 2016)
Se quiser melhorar este dicionário: