Euroogle
App Euro Ogle
     
GEPSD PCS IFSC
TE PCS IFSC
Definição encontrada no Novo Dicionário de Termos Europeus
Agenda Social Renovada

Na década de 80, a agenda social foi concebida como meio de garantir a aceitação da reestruturação industrial tornada indispensável pela agenda "1992”. A tónica centrava-se na proteção do emprego e na necessidade de obter consensos entre os parceiros sociais, no intuito de facilitar as mutações industriais.

Hoje é necessária uma agenda social mais ampla. A Agenda Social Renovada -parte integrante da Estratégia de Lisboa e da Estratégia da UE para o desenvolvimento sustentável – consiste em adaptar as políticas comunitárias às novas realidades e tendências sociais, sem alterar os objetivos essenciais da Europa Social: sociedades harmoniosas, coesas e inclusivas, respeitadoras dos direitos fundamentais e inscritas em economias de mercado saudáveis.

 

A Agenda Social Renovada tem por base três objetivos interligados:

Criar oportunidades– Gerar mais e melhores empregos, facilitar a mobilidade, garantindo a todos oportunidades de desenvolver as respetivas potencialidades, respeitando a diversidade europeia, combatendo a discriminação direta e indireta e lutando contra o racismo e xenofobia.

Assegurar o acesso – Todos os cidadãos devem ter acesso a educação de qualidade, à proteção social, a cuidados de saúde e a serviços que ajudem a nivelar as desigualdades nas respetivas situações de partida e lhes permitem gozar vidas mais longas e saudáveis.

Demonstrar a solidariedade – A solidariedade faz parte integrante do funcionamento da sociedade Europeia e da forma como a Europa interage com o resto do mundo. A efetiva igualdade de oportunidades, depende, simultaneamente, do acesso e da solidariedade.

 

No seu conjunto, a Agenda Social Renovada comporta 19 iniciativas nas áreas do emprego e dos assuntos sociais, da educação e da juventude, da saúde, da sociedade de informação e das questões económicas. As iniciativas concentram-se nas seguintes prioridades:

1 – Preparar o futuro: crianças e jovens;

2 – Investir nas pessoas: gerir a mudança;

3 – Apoiar vidas mais longas e saudáveis;

4 – Lutar contra a discriminação;

5 – Reforçar os instrumentos;

6 – Influenciar a agenda internacional;

7 – Combater a pobreza e a exclusão social.

(última alteração: Outubro de 2017)
Se quiser melhorar este dicionário:
Download App Euro Ogle Download App Euro Ogle